7 dicas para melhorar a sua saúde sexual

A saúde sexual é um domínio que parece ser um tabu e que deve visibilizarse e cuidar tanto como outros aspectos vitais, já que afetam diretamente o bem-estar físico, emocional, mental e, até mesmo, social.


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a saúde sexual requer uma abordagem positiva e respeitosa da sexualidade e das relações sexuais, assim como a possibilidade de ter experiências sexuais prazerosas e seguras, livres de qualquer coação, discriminação e violência”.


Um dos órgãos mais importantes para poder desfrutar de uma saúde sexual ideal é o cérebro. Neste sentido, alguns peritos especializados em sexologia afirmam que há doenças mentais que podem causar disfunções sexuais, pelas próprias patologias ou por fármacos com que são tratados. Da mesma forma, as disfunções sexuais podem levar à depressão ou ansiedade.


Por isso o uso de alguns suplementos naturais ou geis de estimulo sexual como o Power Blue Long tem ajudado a melhorar a vida sexual de muitos casais.


Às vezes, a rotina, as pressas, os problemas e o stress diário fazem com que se deixe de lado a sexualidade e esta passe a um segundo plano. Deste modo, pouco a pouco, se vai apagando a chama e diminuindo o desejo sexual. Neste problema, os especialistas também concordam que o estilo de vida ocidental não facilita a dedicar-se ao amor, ao erotismo, nem para o casal.


Dicas para melhorar a sua saúde sexual:



  1. Fazer exercício. O esporte costuma produzir bem-estar e satisfação, o que em muitos casos pode se traduzir em um aumento da libido. Os especialistas recomendam especialmente a natação e Pilates.

  2. Deixar de fumar. O consumo de tabaco pode prejudicar a função erétil.

  3. Seguir uma alimentação equilibrada. Uma dieta com alto conteúdo em gorduras saturadas repercute de forma negativa sobre a quantidade de espermatozóides.

  4. Usar métodos contraceptivos. Um dos fatores mais importantes na área da saúde sexual é a utilização de contraceptivos, os quais ajudam a prevenir doenças sexualmente transmissíveis (DST) e gravidez não planejadas.

  5. Controlar o estresse. A ansiedade, reduz o nível de testosterona no sangue e provoca uma diminuição do apetite sexual. Você pode tentar resolver esse problema praticando técnicas de autocontrole emocional.

  6. Informar-se. É essencial estar por dentro de tudo o que está relacionado com a sexualidade e com o próprio corpo. A falta de informação pode prejudicar a saúde sexual.

  7. Comunicar-se. Uma boa comunicação entre o casal permite diminuir o risco de mal-entendidos e, conseqüentemente, aumentar a probabilidade de melhorar a qualidade do encontro erótico.

Tendo em conta os factores acima expostos, enfatiza-se que é importante desfrutar com a liberdade da sexualidade. Sempre e quando se faça de uma forma responsável, evitando e prevenindo qualquer tipo de risco, pode-se criar uma experiência de vida saudável e útil para o corpo e a mente.

Disfunção erétil ou impotência

A impotência sexual ou disfunção erétil é a incapacidade de obter uma ereção suficientemente intensa e duradoura, como para iniciar o coito, mantê-lo e terminá-lo com sucesso. Nós consideramos como impotência sexual, quando há falhas em mais de 50% das tentativas de manter a relação sexual. Se você tem problemas de ereção, não se preocupe: existem soluções.


Quais são os tipos de impotência masculina?


• Impotência “coeundi”, conhecida como impotência sexual, (falta de ereção).
• Impotência “generandi”, conhecida como ” ausência de fertilidade.
Existem tratamentos para os dois tipos de impotência.


Quais podem ser as causas da impotência sexual?


As causas da falta de ereção podem ser:


De origem orgânica: endócrinas (diabetes), vasculares (aterosclerose), neurológicas (lesões cerebrais, medulares), urológicas (lesões congênitas do pênis), farmacológicos (drogas, álcool, tabaco, certos medicamentos), traumáticas (fraturas de pelve).


De origem psíquica: medo do fracasso, sentimentos de culpa, infidelidade, ejaculação precoce prévia, insegurança, etc.


Soma de todas as anteriores.


Qual é a metodologia de estudo da impotência?


Ao ser causada por diversas doenças e para descobrir as causas da disfunção erétil, impõe-se um estudo multidisciplinar integrada em um mesmo equipamento de trabalho. Se há uma detalhada história clínica do caso, estudos bioquímicos e hormonais, perfil psicológico, testes vasculares (rigidómetro) e estudos radiológicos. Além disso, em nossos centros comerciais, somos pioneiros na utilização do teste de rigidometría, teste rápido e indolor, que indica de forma quantitativa a rigidez axial do paciente e o nível de pressão intracavernosa, com o fim de avaliar o grau de insuficiência circulatoria peneana. Esta prova de rigidometría é realizada com um rigidómetro ou monitor da qualidade érectil, provido de um sensor de pressão que registra a rigidez axial, em gramas, em apenas alguns segundos e seus resultados serão úteis tanto para o diagnóstico como para a monitorização do tratamento da impotência. Tudo isso,somado a um exame físico uroandrológico, cardiovascular e neurológico, nos levará ao diagnóstico.


Disfunção erétil, o que tratamentos existem hoje em dia?


Se a origem dos problemas de erecção é psíquico, é indicado um tratamento para a impotência psico-sexológico. Se a origem é orgânica, são utilizados tratamentos farmacológicos ou suplementos naturais como o Herus ou químicos como os indicados (sildenafil, vardenafil e tadalafil), estimulantes e/ou hormonais, dispositivos de vácuo, injeções de substâncias inflavmação e, em alguns casos, em que a patologia é necessário, recorre-se à cirurgia vascular ou para a implantação de próteses de pênis.vc/k4;


O que são os aparelhos de vácuo?


Provocam uma ereção através da sucção produzida em tubo de vácuo, com que se obtém um fluxo positivo em todo o leito vascular do pênis e nas estruturas elásticas e vasculares com sangue, que possui uma grande concentração de oxigênio. Este fato melhora o metabolismo dos tecidos através de uma boa oxigenação celular, aumentando assim a capacidade erétil e a rigidez do pênis. Aqui oferecemos-lhe a oportunidade de conhecer um novo sistema de vácuo.


O que são as substâncias a inflamação?


São substâncias que, introduzidas através da uretra ou injetadas no corpo cavernoso do pênis produzem uma ereção que permite uma boa relação sexual. Podem ser usados 1 ou 2 vezes por semana. Antes de começar este tratamento para a impotência sexual, é importante fazer os testes necessários para saber a resposta a essas substâncias.


O que são as próteses de pênis?


São cerca de cilindros de silicone (substância não é rejeitado pelo organismo) de estrutura anatômica, que se introduzem em número de dois para dentro dos corpos cavernosos do pênis e produzem a rigidez necessária para uma boa e adequada relação sexual. Mais informações sobre prótese de pênis


Como é a operação para a implantação de próteses de pênis?


Existem várias formas e técnicas para a implantação da prótese. A intervenção dura cerca de 45 minutos e é realizada através de uma incisão cutânea de entre 3 e 4 cm na parte inferior do pênis e na raiz do escroto; chega-se aos corpos cavernosos e eles colocam as duas próteses correspondentes, sendo no mínimo, o percentual de complicações. Tudo isso com anestesia local ou regional.


Quanto tempo se deve estar internado na clínica?


Por ser uma cirurgia pouco agressiva, o pós-operatório não exige cuidados especiais: o paciente pode sair da clínica, entre 12 e 24 horas após a intervenção e a das 4 ou 5 semanas de adaptação, você pode reiniciar a vida sexual normal.


Como é a prótese a melhor solução para a disfunção erétil?


Não, a prótese não é a melhor solução para a impotência, mas em alguns casos é o único meio capaz de solucionar problemas de ereção para que, no passado, não tínhamos solução. É uma nova descoberta da ciência médica que resolve problemas graves no homem e para o seu parceiro.


Quando é indicado um ou outro tratamento para os problemas de ereção?


O tratamento para a disfunção escolhido dependerá do diagnóstico corretamente estabelecido.


Disfunção erétil, o Que deve fazer o homem que sofre, em maior ou menor grau?


Dado que hoje em dia temos meios precisos de diagnóstico, terapêuticas adequadas e de tratamentos médicos ou cirúrgicos eficazes, quando se tem problemas de ereção ou falta de ereção é importante consultar o quanto antes e não perder tempo em métodos não ortodoxos que não fazem mais do que agravar e prolongar o problema.


Cirurgião realiza no país 78 operações de aumento de pénis

A penoplastia é uma das mais recentes operações estéticas que se realizam em todo o país para aumentar o comprimento e a espessura do pênis através de uma intervenção cirúrgica. Esta consiste em extrair da parte inferior do abdome, o ligamento valentine’do membro para ganhar centímetros.


Esse procedimento foi realizado no México a 78 homens pelo médico cirurgião estético e reconstructivo lucas ferreira de paula Guevara Montaño —certificado pela Academia Internacional de Penoplastia, na Europa— e que desde há três anos, começou a oferecer esta alternativa para seus pacientes. Além disso, foi operado no exterior para 22 pessoas que buscavam crescer o seu membro genital.


Para qualquer paciente com idade média de comprimento que se pode alcançar vai de três a cinco centímetros em estado de flacidez, dependendo de sua fisionomia, mas há casos em que o tamanho pode ser superior. Por outro lado, o espessamento do mesmo pode ser até quatro centímetros a mais que a sua circunferência natural.


Em entrevista para o MILÊNIO na clínica Avant Garde, Guevara —que assegurou ser o único certificado médico que realiza este procedimento no país— detalhou que “quando queremos ver um crescimento no estado ereto, mais ou menos é de 50 a 65 por cento”.


Os processos


Os procedimentos para aumentar o comprimento ou a espessura são independentes e cada uma leva cerca de 45 minutos. O segundo, consiste na obtenção de gordura corporal do abdómen ou das coxas, a qual é injetado nas paredes o pau com a finalidade de que a sua largura é incrementado.


“Fazemos uma pequena incisão de cerca de três centímetros na base do púbis, onde encontramos as estruturas ligamentares, o sustento do pênis. Seccionamos, com um pouco de sangramento ou nulo, estes ligamentos superficiais e fazemos uma extração. Se você está procurando um espessamento, a técnica mais segura é utilizar a gordura corporal, que geralmente se toma do coxa interna, do púbis ou inferior do abdômen, que se prepara através de um método protocolado e é injetado”, explicou o cirurgião.


Há casos isolados onde os centímetros de aumento que podem ser apreciados são maiores que a média. Tal é o caso de um dos pacientes —que pediu anonimato— que passou a ter quatro centímetros de pênis em estado flácido às 12 com o aumento ganhando um total de oito centímetros.


O cirurgião Guevara Montaño destacou que “a sensibilidade é a mesma” após as cirurgias. Obviamente, há um período de transição, porque há inflamação, mas a longo prazo, a sensibilidade é exatamente a mesma, “não há mudança”, e apontou que cerca de 35 dias após a operação, os pacientes podem retomar a sua vida sexual normal.


Sem complexos


O especialista destacou que com esta operação, os complexos de muitos homens que consideram ter um pénis pequeno podem diminuir. Em seu testemunho, um jovem de 23 anos, que pediu anonimato —entrevistado no consultório Avant Garde— reconheceu que “a gente sabe quando algo é pequeno e eu sabia que meu pau não era grande. Esse foi o motivo principal, digamos, a minha auto-estima e segurança. Realmente o medi poucas vezes por ele mesmo. Eu acho que nem sequer tinha a motivação para fazê-lo”.


Confessou que a única pessoa que sabe da intervenção, além do médico, foi sua mãe, que o apoiou e financiou para realizar o procedimento, que tem um custo de 40 a 150 mil pesos, dependendo das condições de saúde dos pacientes.


Quando estão acima do peso, é necessário realizar uma lipoaspiração ou diminuição da gordura das coxas para que não arranhões com o membro masculino.


Em relação ao custo da operação, o médico formado pela UNAM disse que a sua clínica conta com financiamento para que possam pagar mensalidades.


O tratamento pós-cirúrgico consiste em repouso e a utilização de uma hidrobomba com a que devem realizar exercícios diários, durante 15 minutos, por pelo menos oito meses, para evitar que se retraigan novamente os tecidos. De não ser realizada, poderia voltar ao tamanho inicial.


Sobre a recuperação, o médico advertiu que sim, há ardor por um tempo e que se deve evitar o exercício, pelo menos, durante mês e meio. A cicatriz, concluiu, é praticamente invisível e tapará com os pêlos em pé.

Cirurgia de alongamento de pénis na Nicarágua

As cirurgias estéticas ganharam muito terreno no século XXI, a partir de rainhas de beleza até donas-de-casa anseiam mudar algum detalhe de seu corpo que não lhes agrada.


Pouco a pouco, os homens foram experimentando nesse mundo de transformações e lemos histórias em que alguns mudam suas características físicas para se parecer com artistas, bonecos Ken ou simplesmente para ser melhor, no entanto, dentro das cirurgias disponíveis está uma que pode ajudar a melhorar o tamanho de seu membro viril e o seu funcionamento.


Muitos homens tentaram usar o Gel Volumao para aumento peniano, porém os resultados ainda não foram como lhe espereva, ou o ganho do tamanho do pênis, não foi definitivo!


“O alongamento de pênis é para melhorar ou aumentar o tamanho do pênis, este é um assunto tabu ainda, porque estamos em uma sociedade que é machista e ao que parece até estranho, mas em outros países é uma cirurgia bastante comum”, diz José Ortega, cirurgião plástico da Nicarágua Medical Center, Clínica Perfection, do Hospital Militar e do Carlos Roberto Huembes.


O doutor explica que 50 milhões de homens têm problemas de tamanho ou de ereção, por isso que existem diversos tipos de procedimentos que devem ser ver como normal, como já se vê com naturalidade “com que as mulheres recorram a nós, os cirurgiões plásticos para que lhes devemos colocar a prótese, também tem que começar a ser normal que os homens se lhes possa melhorar o tamanho ou a função do pênis”.


“É importante ir removendo o tabu, o medo que muitos homens têm a dizer eu preciso de ajuda, e devo ressaltar que a cirurgia não é para que venham a encontrar mais mulheres, mas para ter um relacionamento saudável com o parceiro.


Qual é o tamanho médio?


Varia entre 10, 12 ou 15 centímetros e com a ereção pode aumentar 4 centímetros a mais, assim que um pau média é de 12 até 18 centímetros, mas isso depende da raça. Em geral, as pessoas de raça negra têm um pénis maior, enquanto que os brancos têm um pénis mais pequeno, como os asiáticos.


Por que os homens recorrem ao aumento de tamanho?


É importante porque ajuda o homem a ter uma melhor relação sexual com o seu parceiro e se deve pensar que o homem se submete a esta cirurgia não por gosto, mas porque a parte médica nos indica que, se um se sente bem consigo mesmo, se você se sente confiante em seu membro, então vamos estar bem e na melhor união do casal.


Quão freqüente é a consulta por este motivo?


Como te dizia, ainda é um tema bastante tabu. Eu tenho o meu perfil de Facebook para meus pacientes e há um monte de mulheres perguntando por cirurgias e estas mais ou menos 10% delas se opera. Os homens ninguém me diz em público, mas que escrevem em privado e perguntam, dos quais uma grande parte é o opera.


Quais são as condições deve atender o paciente para se submeter a esta cirurgia?


Na consulta, um tem que avaliar o paciente completo, iniciando com a parte psicológica, necessitamos que não tenha alterações emocionais ou transtornos psiquiatricos. Se a pessoa é de 18 até 60 ou 70 anos, então se lhes faz o procedimento.


A maioria dos pacientes são ou foram gordinho, então o pau escondido, outros por parte genética não tem pau grande, cada paciente é avaliado especificamente.


Quais são os procedimentos que podem ser realizadas no pênis?


Alongamento de pênis, prótese de pau ou com um sistema de bombeamento.


Quantos centímetros você pode crescer o pênis com estes tratamentos?


Existem duas técnicas principais. Uma é desenterrar o pênis, o que se dá quando o paciente tem um monte púbico grande, por exemplo, com os gordinhos, se faz lipoaspiração nessa área para remover a gordura, o que permite ao pênis desenterrarlo, sai e com isso você pode ganhar até dois centímetros de tamanho.


O outro é liberar o pau. Este órgão tem cerca de ligamentos especiais que o ligam com o osso púbico, esse ligamento é chamado de valentine’do pénis, o que, na cirurgia, é removida, o que permite aumentar o pênis e torná-lo a colocar em outro lugar para ganhar dois centímetros a mais, ou seja que podemos somar até 4 centímetros, com esse procedimento, porque normalmente se combinam ambos fazendo lipoaspiração e libertação.


Alguns pacientes necessitam de plantía de escroto, esta parte está ligada na parte inferior do pau até a metade, então se há uma plastia no escroto (um corte por assim dizer) e faz-se uma reconstrução, você pode ganhar até um centímetro.


Então, fazendo uma boa cirurgia, podemos ganhar de 2 a 5 centímetros com a técnica combinada.


O que é prótese?


Às vezes não é o problema o tamanho, mas que perdeu a função do pênis. Em geral, os homens a partir dos 45 anos pode apresentar disfunção erétil. As pastilhas estão entre as soluções que mais recorrem os homens, mas existe a forma cirúrgica para tratá-lo.


Existem umas próteses de silicone especial que se inserem no pau , atuam como uma espécie de pilar que permitem ao homem, depois de implantados e de ter o repouso adequado, ter ereções sem nenhum problema na hora que ele quiser.


Lhe dão funcionalidade e como se colocam por dentro, você pode jogar com o tamanho, e como te disse, você pode combinar técnicas e colocar a prótese e fazer um alongamento para ficar o melhor possível.


Desde a primeira consulta até a cirurgia, quanto tempo deve esperar que o paciente?


Normalmente, um homem jovem, sem nenhuma patologia, pode ser operado aos 3 ou 4 dias após a consulta, porque exigem apenas os exames de rotina. Quando são pessoas com mais de 40 anos se fazem exames especiais.


Quanto à duração da cirurgia vai na dependência de cada paciente e o que lhe vamos oferecer, podem ser 15 minutos ou até uma hora e meia.


Quanto custa alongar o pênis?


Vai na dependência do tipo de procedimento. Há pacientes que só requerem lipoaspiração, outros apenas fazem a remoção do ligamento valentine’ou da prótese. Pode variar entre 1.000 e 4.000 dólares. O mais caro é quando se coloca a prótese, porque nós temos que levá-la de outro país.


Como funciona a bombita?


É colocado nos corpos cavernosos do pênis, que é cheia de sangue durante a excitação, a bombita cheia de sangue no corpo cavernoso. É ativado com um pequeno botão que estimula que vá chegando sangue para o pênis.